politica 05/04/2018 às 16:06

Defesa de Lula debocha de decisão do STF e a considera ilegal

Advogados dizem que utilizarão todos os recursos possíveis para evitar a prisão do ex-Presidente.

Que o lulismo e as esquerdas em geral andam vivendo um Universo Paralelo, já é de domínio geral. O que não se imaginava é que isso também contaminasse advogados, profissionais experientes que até deveriam defender seu cliente, mas não entrando em conflito direto com a realidade. Entretanto, aconteceu. É o que podemos notar na nota oficial assinada pelos advogados de Lula após o resultado do julgamento no STF.

“A defesa irá tomar todas as medidas legalmente previstas para evitar que a antecipação da pena imposta automaticamente pelo TRF4 seja executada, porque é incompatível com a Constituição Federal e com o caráter ilegal da decisão que condenou Lula por crime de corrupção baseado em ‘atos indeterminados’ e sem a comprovação de qualquer solicitação ou recebimento de vantagem indevida”, diz nota assinada pelos advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins.

É simples: a defesa está dizendo pura e simplesmente que desconhece a decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte do país. Mais: desconhece a decisão de uma Corte que tem oito de seus 11 membros nomeados por Lula e sua sucessora, escolhida a dedo, Dilma Rousseff.

O fim do petismo vai se transformando em uma sucessão de bizarrices.

Beira o inacreditável.

Notícias Relacionadas