politica 04/04/2018 às 11:55 - Atualizado em 04/04/2018 às 11:57

Esquerda usa Marielle para defender Lula e iguala vereadora com criminoso condenado

No Twitter da vereadora, não há qualquer manifestação recente de apoio ao petista.

Marielle Franco foi brutalmente assassinada de forma covarde no Rio de Janeiro. Desde então, a esquerda fez o que sabe fazer melhor: uma seqüência de comícios em cima do cadáver. Marielle já foi usada para atacar a PM, a Intervenção no Rio de Janeiro, o governo Temer e a imprensa independente da internet. Como não era suficiente, agora usam uma vítima que até onde se sabe era inocente e a igualam a um criminoso condenado em segunda instância.

Em ato realizado na última segunda-feira (02), no Rio de Janeiro, a esquerda em peso, juntando PSOL, PCdoB, PT e "intelectuais" tratou o assassinato de Marielle como o equivalente ao que chamam de "perseguição contra Lula". 

A esquerda não respeita nem seus mortos. 

Mas o perigo mesmo, segundo a grande imprensa, está nas redes sociais. 

É pra sentir muito nojo.

Notícias Relacionadas