economia 09/01/2018 às 03:04

Bolsa emenda 11 pregões de alta pela primeira vez em oito anos

Em claro sinal de recuperação econômica e confiança no mercado brasileiro, a Ibovespa fez história neste início de 2018.

Principal indicador das ações da Bolsa de São Paulo, o índice Ibovespa bateu nesta segunda-feira mais um recorde nominal ao encerrar o dia em 79.378 pontos, uma alta de 0,39% em relação ao pregão anterior. O recorde anterior, de 79.071 pontos, havia sido registrado no pregão do último dia 5 de janeiro. Segundo os dados, este foi o 11º pregão consecutivo de alta. Levantamento da consultoria Economatica mostra que este período seguido de resultados positivos só foi obtido três vezes na história da Bolsa: 1987, 2003 e 2010.

De acordo com  analistas econômicos, o desempenho é puxado pela combinação de uma série de fatores, como maior tolerância a ativos de risco, cenário externo favorável e a clara recuperação econômica pela qual o país tem passado com a atuação de Meirelles no Ministério da Fazenda.

Uma das incógnitas que pode interferir nesse desempenho é a expectativa sobre a condenação do ex-presidente Lula, no julgamento que está marcado no TFR-4 para o próximo dia 24. Se ele for condenado, sua candidatura presidencial tende a ser menos provável, o que é considerado um fator economicamente positivo.

Notícias Relacionadas