economia 02/01/2018 às 14:17

Venda de automóveis cresceu 10% em 2017 e superou expectativas do setor

Os dados são bastante positivos porque o setor automotivo, assim como o imobiliário, representam uma grande parte da geração de empregos no país. Se houve crescimento nas vendas, isso significa que em breve virá um maior investimento no setor que irá gerar, também, mais empregos. 

Informou a Folha de São Paulo:

Após quatro anos de queda nas vendas, o setor automotivo fecha 2017 com alta de aproximadamente 10% em relação ao ano anterior. Os dados preliminares apurados pela Folha mostram que 2,24 milhões de carros de passeio, comerciais leves, ônibus e caminhões foram licenciados até o dia 29 de dezembro, quando a alta acumulada era de 9,3% em relação a 2016.

A própria Anfavea, entidade que representa as montadoras no Brasil, previu um crescimento menor, com máximo de 7,3%. 

"A recuperação é um alívio para a indústria, mas não acreditamos em um crescimento vultoso. Ainda há incertezas econômicas e políticas que persistem na mente do consumidor na hora de comprar um veículo, e, apesar dos juros mais baixos da história, há restrições que limitam o poder de compra", afirma Fabio Braga, diretor de Operações da consultoria J.D. Power do Brasil.

Os dados são bastante positivos porque o setor automotivo, assim como o imobiliário, representam uma grande parte da geração de empregos no país. Se houve crescimento nas vendas, isso significa que em breve virá um maior investimento no setor que irá gerar, também, mais empregos. 

É um efeito em cascata muito desejável para a economia.

Notícias Relacionadas