politica 26/12/2017 às 18:21

Relatório de 1989 das Forças Armadas menciona negativamente Lula e Jair Bolsonaro

O relatório emitido pelos militares faz menção ao uso político que Bolsonaro fez da questão salarial dos militares.

Em um relatório emitido pelo Centro de Informações do Exército Brasileiro, em 1989, os nomes de dois pré-candidatos à presidência são mencionados.

Um deles é Lula. O petista é mencionado em uma parte do documento que fala sobre a notícia plantada, pelo próprio PT, de que Lula foi convidado para visitar a China e a União Soviética na época. No relatório fica evidente que o próprio partido forjou a informação a fim de que ela fosse divulgada pela imprensa.

O outro presidenciável é Jair Bolsonaro, atualmente no PSC, mas que não se decide sobre partido algum. No relatório os militares fazem uma menção crítica ao deputado - na época ainda candidato - relacionada ao uso político que ele teria feito sobre a questão salarial dos militares. Como muitos sabem, Bolsonaro cresceu como sindicalista dentro do exército e fez sua carreira em cima de um discurso em prol da classe, apesar de como deputado nunca ter feito absolutamente nada a respeito.

A informação é da revista Época.

Notícias Relacionadas