politica 21/12/2017 às 15:38

Em áudio a correligionários, presidente do Patriota diz que Bolsonaro é um 'saco sem fundo' e que 'todo dia quer alguma coisa'

Segundo Adilson Barroso, presidente nacional do PEN/Patriotas, Jair Bolsonaro é mimado e faz exigências absurdas. Mesmo assim, garantiu que se Bolsonaro quiser poderá disputar a presidência pela legenda.

Em um áudio que foi enviado aos correligionários do PEN/Patriota, o presidente nacional da legenda, Adilson Barroso, se queixou do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

O deputado tinha se comprometido a ingressar na legenda, mas se desentendeu com os dirigentes exatamente da mesma forma que ocorreu com o PSC. De acordo com Barroso, Bolsonaro é um "saco sem fundo"  e "todo dia quer alguma coisa". Ele afirma, ainda, que,se quiser o deputado terá a legenda para disputar para presidente, mas "se ele não quiser, é problema dele".

Barroso diz que não entregará o comando dos partidos nos estados ao deputado federal. Aliás, em áudio gravado entre o deputado e o editor do site Crítica Nacional, Bolsonaro afirma também ter se desentendido com o PEN porque queria que o partido pagasse suas viagens pelo país, para cobrir as despesas de sua campanha antecipada.

Notícias Relacionadas