politica 07/12/2017 às 12:07

Justiça da Argentina pede prisão de Cristina Kirchner e decisão cai nas mãos do Congresso

Parece que o bolivarianismo foi mesmo um enorme câncer tentando se espalhar pela América Latina.

De acordo com informações da Reuters, a justiça da Argentina pediu, nesta quinta-feira, a prisão da ex-presidente e senadora Cristina Kirchner. A ordem partiu do juiz federal Claudio Bonadio, que a acusa de conluio com o Irã para ocultar o papel dos muçulmanos na explosão de um centro comunitário judaico em 1994. Ele determina o impeachment e a detenção da ex-presidente.

Como senadora, no entanto, Kirchner só pode ser presa se o Congresso aprovar a remoção de sua imunidade parlamentar. Bonadio também indiciou e pediu que o ex-ministro de Relações Exteriores de Cristina, Hector Timerman, cumpra prisão domiciliar, segundo a imprensa argentina.

Parece que o bolivarianismo foi mesmo um enorme câncer tentando se espalhar pela América Latina.

Notícias Relacionadas