politica 04/12/2017 às 15:40

Ex-secretário da Saúde deixa escapar que hematoma de Garotinho é incompatível com taco de baseball

A versão de Garotinho sobre sua suposta agressão entra em uma espiral de descrédito.

O delegado Carlos César Santos, que cuida do caso em que Anthony Garotinho diz ter sido agredido na cadeia, ouviu hoje o ex-secretário de Saúde Sérgio Côrtes, que é médico e também está preso em Benfica. Côrtes contou ao delegado que, quando atendeu Garotinho, ouviu apenas queixas de dor no joelho direito e, segundo ele, o hematoma não era compatível com agressões feitas com um taco de baseball, como relatou o ex-governador.

A versão de Garotinho vai ficando cada dia mais difícil de ser levada a sério. A questão é que tudo indica, desde o início, que o próprio ex-governador tenha sido responsável pelos ferimentos, uma vez que as câmeras de vídeo mostram claramente que ninguém entrou na cela no intervalo em que ele teria sido agredido.

Ademais, a própria afirmação é sem sentido. Não havia qualquer ganho poítico ou mesmo jurídico para alguém que chegasse a agredi-lo. A narrativa pode ter sido criada apenas para tentar jogar uma distraçâo e exigir um habeas corpus. Após o escândalo feito pelo ex-governador no ano passado, quando foi preso pela primeira vez, não dá para duvidar de novo.

Notícias Relacionadas