politica 09/11/2017 às 12:59 - Atualizado em 09/11/2017 às 13:00

EXCLUSIVO! Primeiro-Ministro do Líbano renunciou após saber de plano de assassinato iraniano

Informação é de uma fonte muito próxima ao Primeiro-Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Há cinco dias, a renúncia do Primeiro-Ministro do Líbano, Saad Hariri pegou o mundo de surpresa. Não havia nada no horizonte que explicasse o acontecimento. Desde então, algumas informações começaram a explicar o abrupto movimento no xadrez do Oriente Médio. A revista The Spectator, por exemplo, trouxe uma matéria sobre um acordo entre Árabia Saudita e Israeltradicionais inimigos, mas agora aliados na tentativa de conter o Irã. E é este mega-plano subterrâneo das duas principais potências do Oriente Médio, buscando conter os iranianos que explica a renúncia de Hariri.

Este Sul Connection soube de maneira exclusiva junto a uma fonte muito próxima ao Primeiro-Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que Hariri foi informado de um plano de assassinato iraniano em andamento. Aparentemente, Hariri aliou-se aos israelenses e aos sauditas. O Irã resolveu agir. E então Hariri renunciou de maneira inesperada, buscando asilo justamente na Árabia Saudita.

A situação do Oriente Médio vai escalando rápida e perigosamente.

Uma guerra em larga escala parece cada vez mais nítida no horizonte da região.

Notícias Relacionadas