geral 07/11/2017 às 17:36

Governo dos Estados Unidos e Unitel com parceria para combater malária em Angola

A parceria com a Unitel ajudará a lembrar, através de mensagens grátis, para a importância do uso de mosquiteiros no combate à malária.

A informação, divulgada hoje em comunicado pela embaixada dos Estados Unidos em Angola, comenta que a Agência para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e a Unitel vão igualmente aumentar a disponibilidade de mosquiteiros tratados com inseticida para a população.

A USAID apoia ainda a campanha nacional do Ministério da Saúde de Angola para a distribuição de cerca de 10 milhões de mosquiteiros a famílias de 15 das 18 províncias angolanas, bem como na execução nacional de programas informáticos, para a melhoria do acesso de dados sobre a vigilância da malária e a cadeia de fornecimento.

A parceria permite à USAID explorar os serviços de telecomunicações da Unitel para disponibilizar informação sobre a malária aos atuais mais de 11 milhões de clientes da operadora.Por sua vez, a Unitel tem como uma das suas maiores iniciativas de responsabilidade social o apoio ao programa "Stop Malária".

Sobre o acordo, o diretor da USAID em Angola, Derrick Brown, citado na nota de imprensa, lembrou que "melhorando o acesso a uma informação mais precisa, atempada e completa, durante os picos das epidemias da malária, incluindo a informação sobre os números de infeções, cobertura geográfica e disponibilidade de medicamentos, salvar-se-ão vidas".

A malária é a principal causa de morte por doença em Angola e de internamentos hospitalares, além do absentismo escolar.

Notícias Relacionadas