geral 07/11/2017 às 10:25 - Atualizado em 07/11/2017 às 13:11

Homem que parou maníaco do Texas afirma: não é um herói, foi apenas um instrumento de Deus

Stephen Willeford , ex-instrutor da Associação Nacional de Rifles, afirma que foi guiado pelo Senhor para evitar que mais vítimas fossem atingidas pelo psicopata.

Se você é destes que acredita que o desarmamento da população pode conter ataques violentos contra inocentes, é bom reconsiderar. Afinal, o homem que conseguiu parar o maníaco psicopata Devin Patrick Kelley, responsável por assassinar 26 pessoas em uma Igreja Batista no Texas, foi justamente Stephen Willeford, ex-instrutor da Associação Nacional de Rifles, que por acaso passava pelo local e estava também armado. Não fosse por seu ato de bravura e heroísmo, o número de vítimas certamente seria muito maior. As informações são do Breitbart.com.

"Eu só queria ter chegado lá mais rápido", disse Willeford em uma emocionada entrevista. "Eu não sabia. Eu não sabia o que estava acontecendo", completou. "Eu não sou um herói. Eu não sou", ele disse ao repórter do programa de notícias 40/29, Joshua Cole, em uma entrevista na segunda-feira (06). "Eu acho que meu Deus, meu Senhor, me protegeu e me deu as habilidades que eu precisava para fazer o que precisava ser feito", destaca.

Willeford disse a Cole que a experiência era surreal. "Eu estava com medo", disse ele. "Foi surreal para mim - não poderia estar acontecendo".

Depois de ouvir o som do "pop pop pop" que era muito familiar para um ex-instrutor de NRA, Willeford disse que agarrou seu rifle e rapidamente municiou a arma. Quando ele entrou na rua, viu um homem vestindo todo preto, um capacete tático e um colete balístico.

"Eu continuei a ouvir os tiros, um após o outro, tiros muito rápidos - apenas" pop pop pop pop "e eu sabia que cada um desses tiros representava alguém, que era destinado a alguém, que eles não eram apenas tiros aleatórios" Willeford explicou. "Ele me viu e eu o vi".

Ele disse que se cobriu e fez o que tinha que fazer.

As autoridades do Texas informaram em uma coletiva de imprensa na noite de segunda-feira que Devin Patrick Kelley, o assassino de 26 pessoas na Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs, foi atingido duas vezes por Willeford - uma vez no tronco e uma vez na perna. Ele então deixou seu rifle cair, entrou em seu carro e fugiu da cena antes que ele pudesse atirar em outras pessoas que estavam fora da igreja.

Willeford então parou um vizinho que passava e pediu ajuda. "Esse cara disparou contra a igreja Batista", disse ele ao motorista. Ele subiu no carro e juntos eles partiram em busca do assassino perturbado. Eles finalmente alcançaram o SUV de Kelley logo antes de entrar em um sinal de trânsito. Mais tarde, eles descobriram que Kelley atirou na própria cabeça depois de chamar seu pai.

Willeford e seu companheiro gritaram para Kelley para sair de seu caminhão. Não houve movimento. A família de Willeford vive na comunidade de Sutherland Springs por quatro gerações. Muitos dos que morreram ou foram feridos eram amigos dele. Ele diz que ele não é um herói - outros certamente não concordam.

ASSISTA AO VÍDEO:



Outros segmentos da entrevista em vídeo podem ser vistos em 40/26 News.

Notícias Relacionadas