politica 04/11/2017 às 17:02

Braço Direito de Dilma, Erenice Guerra agora vende cosméticos

A vida não tá fácil pra ninguém, amigo.

Erenice Guerra, a amicíssima de Dilma Rousseff que deixou o governo petista afogada em denúncias, agora atua como vendedora de uma multinacional de cosméticos, a Jeunesse.  É bem difícil enxergá-la nessa condição. As informações são do Radar, assinado pelo jornalista Maurício Lima da Veja. A ex-ministra foi demitida após VEJA publicar duas denúncias de que seu filho, Israel Guerra, estava ligado um suposto esquema de cobrança para intermediar projetos privados.

Fora do governo, ainda conseguiu colocar em prática um esquema de lobby, no tradicional formato petista das "consultorias".

É, amigo: a vida não tá fácil pra ninguém. 

Notícias Relacionadas