politica 01/11/2017 às 16:07

Após turistar em Israel, comitiva de Rodrigo Maia vai passear na Itália

Agendas fechadas, sem acesso de jornalistas e cancelamentos, além de atendimento por funcionários de terceiro escalão marcam roteiro bancado com dinheiro público.

A turuistada em em Israel do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) e da comitiva formada por nove deputados foi encerrada nesta quarta-feira (1º) com um passeio turístico pela Cidade Velha de Jerusalém e visita a Belém, na Cisjordânia. Lá, eles foram recebidos por um representante do Conselho Legislativo da Palestina no lugar do prefeito da cidade, Anton Salman, que cancelou o encontro pré-agendado. As informações são da Folha.

A passagem dos políticos brasileiros por Israel foi marcada por reuniões oficiais breves a portas fechadas, várias mudanças de agenda e pouco contato com a imprensa, permitido parcialmente nos dois primeiros dias (em Israel), mas proibida nos dois dias seguintes, nas visitas a Ramalá (dia 31) e a Belém (1º). O horário de partida para a Itália também foi alterado de última hora.

Após tentar desestabilizar Temer e afastá-lo na Câmara, oferecendo-se como uma "transição segura" no campo governista, Maia e seus amiguinhos devem mesmo estar precisando de umas férias.

Notícias Relacionadas