politica 06/09/2017 às 10:44

Campeão de moral no Jornal Nacional, Randolfe também é campeão de gastos no Senado

Senador da Rede de Marina Silva passa dos R$ 400 mil em reembolsos. Viagens para Minas, São Paulo e Rio de Janeiro são constante. Detalhe: o Senador é do Amapá.

No auge da crise desencadeada pela gravação clandestina feita por Joesley Batista contra o Presidente Michel Temer, dois nomes da Rede de Marina Silva transformaram-se em astros diários da cobertura jornalística da Rede Globo. O Senador Randolfe Rodrigues de um lado e o deputado Alessandro Molon de outro, só apareciam menos no Jornal Nacional do que William Bonner e Renata Vasconcelos. Com voz e ar bastante graves, Randolfe apresentava-se como uma vestal da política, uma reserva moral em meio a tantos escândalos.

Entretanto, dados revelados pelo jornalista Cláudio Humberto em seu site, Diário do Poderapontam uma outra área em que Randolfe é campeão: a de gastos para o exercício da atividade parlamentar. Entre janeiro e agosto, Randolfe já torrou R$ 652,7 mil em despesas. Só perde para o campeão absoluto, o senador petista Humberto Costa, ex-líder de Dilma no Congressso.

O destaque vai para as constantes viagens que o senador da Rede pelo Amapá realiza para os estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Randolfe radicalizou no uso da cota parlamentar de R$ 342,8 mil , incluindo quase 50 viagens aos três estados. Certamente deve haver algum motivo altamente moral para o senador do Amapá estar tão presente nestas três unidades da Federação.

Notícias Relacionadas