geral 17/08/2017 às 05:01

Trinta e sete reclusos mortos em prisão da Venezuela

A violência na Venezuela não tem fim

Pelo menos 37 reclusos morreram esta quarta-feira em confrontos com as forças de segurança numa prisão do estado do Amazonas, no sul da Venezuela.

Catorze funcionários da cadeia também ficaram feridos no tumulto, adianta o Centro de Detenção Judicial do Amazonas.

Foi aberta uma investigação aos incidentes, mas o governador do estado, Liborio Guarulla, fala num “massacre” perpetrado pelas forças especiais.

Liborio Guarulla escreveu na rede social Twitter que cerca de 40% dos 105 dos reclusos foram mortos pela polícia na intervenção para recuperar o controle da cadeia.

O diretor da organização não-governamental Una Ventana a la Libertad, Carlos Nieto, disse ao jornal espanhol “El Mundo” que este é o primeiro incidente do gênero num centro de detenção preventiva, onde os suspeitos não ficam mais de 48 horas.

Notícias Relacionadas