politica 17/07/2017 às 21:04

Getúlio Vargas Neto segue pai e avô e comete suicídio em Porto Alegre

Saga macabra da família tem continuidade com suicídio de advogado gaúcho.

Getúlio Dorneles Vargas, Presidente da República por quase 20 anos (de 1930 a 1945 e de 1950 a 1954), encerrou sua saga com um tiro no peito, na eminência de ser deposto por um golpe. Maneca Vargas, filho de Getúlio e pai de Getúlio Vargas Neto, deu seqüência à sina macabra, também se suicidando. E agora, Getúlio Vargas Neto dá continuidade à saga maldita, atirando contra a própria cabeça nesta segunda-feira (17) e deixando um bilhete de despedida.

A Polícia Civil gaúcha abriu um inquérito para confirmar o suicídio, mas o caso já é dado como praticamente resolvido.

A sina maldita da família Vargas parece não ter fim.

Notícias Relacionadas