politica 26/05/2017 às 11:39

Senadores petistas atuaram para dificultar controle da manifestação em Brasília

Lindbergh Farias (PT-RJ) queria impedir até mesmo a simples revista dos ônibus que chegavam.

Um indício fortíssimo de que as lideranças dos protestos em Brasília sabiam que os protestos em Brasília descambariam em terrorismo e no incêndio do Ministério da Agricultura, além da depredação nos Ministérios da Cultura, da Ciência Tecnologia e da Saúde: senadores do PT procuraram o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB) e solicitaram que a fiscalização dos ônibus e dos manifestantes que chegavam não fosse realizada. Lindbergh não queria nem verificações de rotina nos ônibus. As informações são do jornalista Cláudio Humberto, do site Diário do Poder.

Apesar da decisão do governador de manter a vistoria, porretes, armas brancas, bombas, escudos etc. passaram pela “peneira” da PM. Procurada por Cláudio Humberto, a assessoria de Lindbergh confirmou a reunião com o governador do DF, e não comentou a acusação de tentar impedir a revista dos ônibus.

Notícias Relacionadas