politica 25/05/2017 às 12:42

Lobista que ajudou Fachin em disputa pelo STF atuava em Ministério no governo Dilma

Ricardo Saud foi diretor da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura.

A informação de que o Ministro Edson Fachin recebeu ajuda do lobista Ricardo Saud, executivo do Grupo JBS em sua busca pela vaga no Supremo Tribunal Federal caiu como uma bomba em Brasília. Em sua defesa, Fachin tem alegado que não sabia de nada desabonador sobre Saud ou sobre a JBS quando aceitou a ajuda em 2015. Acontece que antes disso, Saud já tinha passado por algumas encrencas.

A principal foi quando foi exonerado junto com o Ministro da Agricultura, Wagner Rossi, ainda no começo do governo de Dilma Rousseff (PT) em 2011, durante a seqüência de demissões de Ministros que ficou conhecida como "faxina ética". Segundo matéria do G1 na época da exoneração, Saud teve participação direta na queda de Rossi, ao arrumar um jatinho para o Ministro viajar que seria de uma empresa da qual ele era sócio.

Ou seja: quatro anos antes de ajudar Fachin, Saud já não apresentava exatamente a ficha mais limpa do mundo.

A situação do Ministro do STF vai ficando tão delicada quanto a do Presidente Michel Temer.

Notícias Relacionadas