geral 25/05/2017 às 10:54

Temer recua e revoga decreto que autorizava militares na segurança de Brasília

Em edição extraordinária do Diário Oficial, Presidente revoga decreto publicado na tarde de ontem.

Michel Temer (PMDB), através do Ministro da Defesa, Raul Jungmann e do Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, decidiu na tarde de ontem (24), em edição extraordinária do Diário Oficial, autorizar o uso por uma semana das Forças Armadas na segurança do Distrito Federal. Pois bem: após a gritaria de políticos, especialmente os ligados à esquerda, mas também de uma clara manifestação contrária do comandante do Exército, General Eduardo Villas Bôas, eis que Temer recuou.

Fazendo uso também de uma edição extraordináraia do Diário Oficial, o Presidente acaba de publicar um decreto revogando o uso das Forças Armadas na segurança da capital.

Este Sul Connection apenas registra que se novos atentados terroristas voltarem a ocorrer, a responsabilidade é dos políticos que pressionaram pela revogação do decreto, do comandante do Exército e do próprio Temer, que cedeu à gritaria.

Notícias Relacionadas