politica 17/04/2017 às 16:17

OAB defende força-tarefa para agilizar inquéritos da Lava Jato

Entidade alega que o país vive momento de excepcionalidade

Em ofício remetido à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, a OAB, por meio de seu presidente, requisitou a instalação urgente de uma força-tarefa para agilizar a instrução dos inquéritos e ações penais relacionadas à operação Lava Jato.

No documento, a entidade afirma que "A excepcionalidade do momento pelo qual o Brasil atravessa causa enorme apreensão à sociedade brasileira com possíveis danos à imagem do País no processo de combate à corrupção e de busca de decência na política e na atuação do Estado", e que por isso, e "diante da impossibilidade de solução a curto prazo, que depende de debate  e alteração legislativa, o Conselho Federal da OAB, o colégio de presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil e o Colégio de Presidentes dos Institutos dos Advogados do Brasil manifestam sua imensa preocupação com a prestação jurisdicional que deve contar com a ampla utilização do artigo 21-A do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal, permitindo o auxílio de magistrados instrutores convocados, para que a Justiça se concretize para uma nação à espera da redenção."

Confiram a íntegra do documento

Notícias Relacionadas