geral 06/04/2017 às 13:58 - Atualizado em 06/04/2017 às 14:03

Dimenstein tem orgulho de manter Catraca Livre com dinheiro público

Questionado nos comentários por leitores indignados com o uso da Lei Rouanet, Dimenstein diz lamentar não ter arrancado mais dinheiro do erário.

Gilberto Dimenstein é mesmo um gigante. Na tragédia da Chapecoense, utilizou seu boteco jornalístico, o Catraca Livre, para caçar-cliques de maneira desavergonhada. Após perder centenas de milhares de seguidores, Dimenstein pediu desculpasÉ claro que naquele seu típico estilo de coronel, acompanhado de um carteiraço: "recebi prêmios, sou um jornalista fantástico, então, tolerem meu erro e façam de coisa que nada aconteceu", foi basicamente o tom.

Agora, em meio aos ataques criminosos que desencadeou ontem contra este Sul Connection, Dimenstein foi interpelado por leitores sobre o uso de dinheiro público no Catraca Livre. E não se deu por achado: disse que só lamenta não ter arrancado ainda mais dinheiro do erário público. É da tradição do Brasil: coronéis nunca abaixam a cabeça para esta plebe ignara. É na base do porrete, até fazer os pobres diabos vergarem.

Num momento em que o Brasil enfrenta uma crise econômica terrível, com 13 milhões de desempregados, Dimenstein orgulha-se de utilizar dinheiro público para manter um negócio de interesse estritamente privado. No momento em que famílias apertam os cintos para pagarem as contas ao final do mês, Dimenstein tem a cara de pau de dizer que seu site que não respeita nem tragédias que geram comoção nacional presta um serviço à sociedade. É um coronelzinho típico.

O azar de Dimenstein é que o Brasil amadureceu. É uma democracia de pleno direito. Conta com um Judiciário independente e pujante. Que tratará de colocar as coisas em seu devido lugar.

Da nossa parte, ficamos felizes por Dimenstein ter tido uma exuberante carreira, inclusive com acesso a vastos recursos públicos: isso fará com que não seja difícil para ele ressarcir os danos que está causando através dos crimes em série que está cometendo.

Notícias Relacionadas