politica 23/03/2017 às 18:47 - Atualizado em 23/03/2017 às 19:11

EXCLUSIVO: A pedido de Holiday, PF investigará suas contas de campanha

Pedido de vereador visa esclarecer boatos sobre sua prestação de contas da eleição, espalhados por sites na internet.

O vereador Fernando Holiday (DEM-SP) tem sido uma pedra dolorosa no sapato do esquerdismo nacional: negro, gay, pobre, Holiday não fez de sua condição uma bandeira de campanha. Era natural que a esquerda tentasse o troco o mais rápido possível. E ele veio na forma de uma bizarra acusação de Caixa 2 na campanha de Holiday.

Tudo pelo suposto pagamento de cabos-eleitorais em dinheiro na reta final da eleição, pagamento este supostamente não declarado. Holiday afirma que absolutamente todas as suas despesas foram declaradas. E para não deixar mais qualquer dúvida a respeito, pediu ao Ministério Público que realizasse uma investigação em suas contas.

Nesta quinta-feira (23), Holiday recebeu uma notícia que o deixou bastante feliz: o Ministéiro Público decidiu repassar a investigação para a Polícia Federal. Líder do MBL, Holiday é um dos mais destacados defensores da atuação da PF no Brasil e acredita que a credibilidade da instituição, juntamente com sua competência técnica, será o suficiente para sepultar de vez quaisquer dúvidas que possam existir em sua prestação de contas.

"Fiquei muito feliz! Tenho enorme respeito pelo Ministério Público e a Polícia Federal. Se fosse arquivado, minha inocência não ficaria evidente. Espero que tudo seja esclarecido o mais rápido possível", explica o vereador. "Lidar com a PF e desmentir os fake news era o que eu mais queria! Agora isso sai das mãos da blogosfera vermelha e militante e passa a ser responsabilidade de uma entidade séria. Em breve vou esfregar a verdade na cara dos mentirosos, que já estão sendo processados", completou.

Notícias Relacionadas