economia 17/03/2017 às 13:32

Monopólios criados por Lula e pelo PT vendiam carne podre e com papelão

Cai mais uma fantasia criada na era lulista: as carnes com marca e de qualidade não passavam de carnes podres e com papelão no meio.

Operação da Polícia Federal realizada na manhã de hoje destruiu mais uma farsa criada durante o período Lula: a dos mega-frigoríficos. Assim como fez no setor de construção, escolhendo a Odebrecht como grande campeã nacional, Lula avançou sobre o setor do agronegócio, criando um mega-monopólio com a consolidaçã da JBS-Fribou e da BRF (junção das antigas Sadia e Perdigão).


Na fábula lulista, o resultado seria a criação de empresas mundiais, em condições de competir nos melhores mercados globais. Na prática, tivemos o estabelecimento de um monopólio que arrebentou a cadeia dos pequenos e médios produtores, tabelou os preços e, pior de tudo: passou a vender carne podre, com papelão, produtos cancerígenos e outros mimos aos consumidores.


O impacto global da Operação A Carne é Fraca ainda será sentido. Mas a lógica é que o país perca diversos mercados e tenha de reconstruir sua credibilidade do zero.


Se a crise dava sinais de refluir com as medidas do governo Temer, podemos ter agora uma piora sensível do cenário.


Pobre Brasil.

Notícias Relacionadas