politica 20/02/2017 às 15:56

Serraglio é o novo favorito para o Ministério da Justiça

Deputado conta com a confiança de Temer e daria o perfil político que o Presidente deseja ao Ministério.

Desde o final de semana o nome do deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) cresceu muito na bolsa de apostas para ocupara o Ministério da Justiça no lugar de Alexandre Moraes, guindado ao Supremo Tribunal Federal. Depois que o escolhido por Temer, Carlos Velloso, declinou do convite, a cozinha do Planalto passou a trabalhar com a ideia de dar um perfil mais político à pasta. Até o início do governo Lula, o Ministério da Justiça costumava ser o articulador político do governo, papel que Zé Dirceu retirou de lá e repassou para a Casa Civil, estrutura mantida até agora.


Serraglio preenche os requisitos técnicos para ocupar o Ministério da Justiça. Seu conhecimento jurídico é amplamente reconhecido e ano passado ele presidiu a poderosa Comissão de Constituição de Justiça da Câmara. Além disso, conhece Temer há muitos anos, já que ambos serviram mandatos parlamentares juntos durante muito tempo.


Outra especulação que começa a ganhar corpo é a de que, nesta nova estrutura, o advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira assumiria o comando da Secretaria de Segurança Pública, subordinada ao Ministério. Temer sonha em nomear Mariz, seu amigo há mais de 30 anos, desde que foi efetivado na Presidência. Entretanto, uma declaração muito forte de Mariz criticando a Operação Lava-Jato fez com que ele se tornasse um alvo ambulante. Sua nomeação ao Ministério passaria a ser vista como uma tentativa de constranger a Operação.


Caso vá realmente para a Segurança Pública, Mariz não teria qualquer ingerência sobre a Operação.


Resta saber se o advogado aceitará o arranjo, já que na semana passada declarou que não aceitaria qualquer cargo no governo de seu amigo.

Notícias Relacionadas