economia 15/02/2017 às 21:48

Temer se consolida, dólar despenca e Bolsa dispara

Decisão do Ministro Celso de Mello, mantendo Moreira Franco no Ministério, sinaliza para governo estável e anima o mercado.

Havia um compasso de espera no mercado até a decisão do ministro do STF, Celso de Mello, mantendo o Ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco (PMDB-RJ), no cargo. O motivo era o mais singelo possível em qualquer economia: segurança jurídica. Se um Ministro de Estado podia ser afastado por meras ilações de juízes de primeira instância, todo o arcabouço institucional tinha ido pro espaço. Celso de Mello tratou de afastar qualquer preocupação neste sentido e manteve Moreira Franco em seu cargo, com direito a todas as prerrogativas.

O resultado? Hoje o dólar despencou, fechando em R$ 3,06 e a Bolsa de São Paulo fechou em seu maior patamar desde março de 2012. 

Os sinais na economia são cada vez mais positivos.

Com o impeachment e o governo Temer consolidado, o Brasil parece começar a subir a escada para sair do fundo do poço.

Notícias Relacionadas