economia 08/02/2017 às 09:45

Inflação volta aos patamares de 1994. É a recessão

Índice de Preços ao Consumidor de Janeiro ficou em 0,38%. Em 2016 havia sido de 1,27%.

O IPCA é o principal indicador da inflação utilizado no Brasil. Sendo assim, pode até parecer uma boa notícia o fato do Índice de Preços ao Consumidor de Janeiro ter fechado em módicos 0,38%, contra 1,27% do ano passado. Acontece que a "boa notícia" não é tão boa assim.
 

O número só apareceu por uma sobrevalorização cambial nítida, que em nada ajuda na recuperação da indústria e dos empregos e, principalmente, graças à recessão, que caminha para um inédito quarto ano.


Nos últimos 12 meses o índice fica em 5,35%, abaixo dos 6,29% dos meses anteriores. 


A inflação, movida a populismo cambial e recessão, voltou para o centro da meta.


Agora só falta devolver os empregos e o crescimento econômico.

Notícias Relacionadas