politica 17/12/2016 às 10:50

EXCLUSIVO: Dário Berger, o candidato de Renan ao governo de SC

Senador catarinense conseguiu adentrar no restritíssimo grupo de Calheiros, que tem trabalhado fortemente para sua eleição ao governo em 2018.

O Senado da República é a maior reunião de raposas políticas do país. Dentro desta reunião de verdadeiros Titãs, um semprre se destacou: José Sarney. O ex-Presidente da Casa sempre foi reconhecido como o Primum inter Pares no Senado. Ao sair de cena, Sarney tratou de cuidar da sucessão: o posto que era seu passou a ser de seu pupilo, o alagoano Renan Calheiros. Na última semana, Renan mostrou o tamanho de seu poder: descumpriu uma decisão judicial de um Ministro do STF, não recebeu o Oficial de Justiça e ainda teve sua afronta ao Judiciário validada pelo próprio plenário da Suprema Corte.


Pois é este todo poderoso Renan Calheiros quem decidiu: o candidato peemedebista ao governo de Santa Catarina em 2018 será o senador Dário Berger. Discreto, sem querer chamar os holofotes, sem qualquer pauta polêmica, Berger conseguiu o que pouquíssimos senadores de primeiro mandato conseguem: adentrar no grupo íntimo de Renan. E Renan é generoso com os que lhe são leais e aceitam cumprir as missões que ele passa. 


Nesta última semana, por exemplo, Renan mandou um discreto recado para o Presidente Michel Temer (PMDB). Na votação da PEC do teto, o número de votos diminuiu em relação ao primeiro turno, com apenas quatro votos a mais do que o necesssário para a sua apuração. Um dos votos que mudou foi justamente o de Berger. O recado de Renan para Temer não poderia ser mais claro: ou o Presidente segue fechado com ele ou a maioria no Senado se desfará. 


É bom que os adversários de Berger em Santa Catarina fiquem atentos. Quem conhece os tentáculos de Renan no Judiciário, na grande mídia e na política sabem até onde ele pode ir para que seus desejos se transformem em realidade.

Notícias Relacionadas