politica 06/12/2016 às 16:43

Para Caiado, ao recorrer, Calheiros reconheceu a decisão do STF

Senador do DEM defende que ordem judicial seja cumprida

O senador do DEM, Ronaldo Caiado, comentou o imbróglio político causado pela decisão de Renan Calheiros de se recusar a receber o oficial de justiça que portava a notificação de que o STF havia o afastado do comando do Senado. Sobre isso, Caiado afirmou:  "A decisão do STF sobre o afastamento de Renan Calheiros deve ser cumprida. No momento em que Renan recorreu, reconheceu a decisão do Supremo. Não posso concordar com a decisão da mesa diretora do Senado de descumprir a liminar do STF. Decisão judicial se cumpre. Cabe a nós aqui no Senado acatar a decisão do STF e manter o funcionamento da Casa."

Para Caiado o afastamento de Renan e votação não deverá afetar votações importantes como a da PEC do Teto nem a da lei od Abuso de Autoridade: "A pauta que temos na Casa é do Senado e não do senador Renan Calheiros", disse.
 

Notícias Relacionadas