geral 03/12/2016 às 15:48

Anúncio da ida de Temer só no Aeroporto de Chapecó foi estratégia para evitar esquema de segurança no velório

Presidente furou o protocolo de propósito

Este Sul Connection classificou como "estranhíssimo" o anúncio de que o presidente Michel Temer se deslocaria até Chapecó para a cerimônia fúnebre em tributo ao time da Chapecoense. A informação era de que o mandatário ficaria apenas no Aeroporto, evitando aparecer na Arena Condá, local do evento. A decisão rendeu inúmeras críticas ao governo.

Chegando em Chapecó, Temer decidiu ir ao velório. Na Rádio Bandeirantes, revelou a razão de ter anunciando o contrário: "Não confirmei a presença no estádio antecipadamente por uma questão de respeito, pois divulgando antecipadamente a agenda o protocolo a ser seguido exigiria esquema de segurança e revistas desnecessarias, que o momento absolutamente dispensa."

Temer assumiu o desgaste de parecer esnobar os familiares para evitar que todo o cerimonial fosse afetado pelo rigor da segurança presidencial. Ao "quebrar o protocolo", Temer furou o protocolo. Um gesto nobre do presidente e que merece ser aplaudido.

 

Notícias Relacionadas