geral 02/12/2016 às 14:17 - Atualizado em 02/12/2016 às 16:52

Sou Colorado, velho

* Opinião. Antônio Gornatti. Empresário e Colorado.

Sou Colorado, velho. Desses que já sublimaram a paixão. Virou amor faz tempo.      Amor incondicional e que supera tranquilamente momentos ruins.


Minha estréia num GreNal foi com derrota. Nem importa mais. Quando boto na balança, as alegrias são imensamente maiores do que as tristezas. E as tristezas nos fizeram fortes.


Sou Colorado, velho, e não vou deixar que dirigentes oportunistas maculem a camiseta sagrada do meu time. Usar de uma tragédia para tentar impedir um rebaixamento é de uma mediocridade única de quem não tem porte para representar o clube.


Sou Colorado, velho, e quero enfrentar com dignidade a segundona. Desculpas aos que se envergonharam das atitudes dos dirigentes, eles não representam nossa Nação.

Notícias Relacionadas