geral 30/11/2016 às 15:29

Maria do Rosário justifica esfaqueamento de PM em Brasília

Para a deputada petista, é inaceitável a infiltração de policiais em manifestações.

Nunca subestime a possibilidade de pessoas como Maria do Rosário cavarem ainda mais o fundo do poço moral. Quando pensamos que já tínhamos visto de tudo, a deputada, cujo ex-marido encontra-se preso por tráfico de cocaína, aparece para justificar o esfaquemento de um Policial Militar durante a bandalheira promovida pela esquerda em Brasília ontem (29)


Rosário declarou ao portal Jota.info que prestava solidariedade ao PM, mas logo em seguida emendou a justificativa para a barbárie. Disse que se tratava de um P2 (policial infiltrado) e que é "inaceitável infiltração em manifestações".


Este Sul Connection não emendará com uma resposta à altura da atitude de Rosário. Ao contrário da deputada, não possuímos imunidade parlamentar, nem pretendemos passar a defender crimes.

Notícias Relacionadas