geral 29/11/2016 às 10:42 - Atualizado em 29/11/2016 às 12:41

Jornalismo brasileiro também está em luto

Perdemos 21 colegas na tragédia com o avião da Chapecoense. Nunca mais a imprensa esportiva será a mesma.

Jornalismo é uma profissão ingrata. Paga pouco, exige muito, acaba com a vida pessoal. Se dorme pouco, se viaja muito. Fazem-se infindos inimigos a mais do que amigos. É uma profissão para loucos. E hoje esta profissão perde 22 de seus mais brilhantes loucos. São 22 famílias que choram, é a redação do Fox Sports que foi quase tão afetada quanto a própria Chapecoense, é a Globo, são veículos locais de Chapecó, enfim, é uma dor que nos atinge a todos.


O jornalismo esportivo brasileiro não se recuperará tão cedo desta tragédia e certamente nunca mais será o mesmo.


Que Deus os receba todos. E que façam grandes coberturas no céu.


CONFIRA A LISTA DOS JORNALISTAS QUE MORRERAM EM MEDELLIN, PUBLICADA PELO SITE GLOBOESPORTE.COM


Victorino Chermont (FOX)
Repórter, tinha 43 anos e estava na Fox Sports. Trabalhou na Rádio Globo e SporTV.


Lilacio Pereira Jr. (FOX)
Aos 48 anos, Lilacio era conhecido por Jumelo. Tinha a função de coordenador de transmissões externas.


Rodrigo Santana Gonçalves (FOX)
Rodrigo era repórter cinematogrático da emissora. Tinha 35 anos.


Devair Paschoalon (FOX)
Narrador da Fox Sports, tinha 51 anos e nasceu em Monte Aprazível, São Paulo. Começou narrando por emissoras do interior até chegar à extinta TV Manchete, no início dos anos 90. Em 1995 foi para o SporTV e ficou até 2004. No ano seguinte, foi para a CBN e estava desde o início de 2016 na Fox.


Mário Sérgio (FOX)
Ex-jogador e ex-treinador, era comentarista do canal de TV Fox Sports. Tinha 66 anos. Defendeu a seleção brasileira e atuou por Flamengo, Vitória, Fluminense, Botafogo, Internacional, São Paulo, Palmeiras, Grêmio,  entre outros.


Paulo Julio Clement (FOX)
O jornalista Paulo Julio Clement, 51 anos, que atualmente estava no Fox Sports, havia trabalhado no Sistema Globo de Rádio como diretor de esportes. Na imprensa escrita, passou também pelos principais jornais do Rio de Janeiro, como O Globo, como repórter, e Jornal do Brasil, como editor de Esportes. Também trabalhou no Marca Brasil, como editor.


Guilherme Marques (TV Globo)
Completou 28 anos no último dia 25 de novembro. Estudou na Escola Parque e se formou em jornalismo pela PUC Rio. Foi estagiário do GloboEsporte.com e passou pela TV Brasil antes de voltar à Globo em 2013 para trabalhar como repórter esportivo da TV.


Guilherme Van der Laars (TV Globo)
Completou 43 anos no último dia 20 de novembro. Trabalhou no LANCE! e no Jornal Extra antes de se tornar produtor esportivo da TV Globo. Trabalhava na equipe do ''Esporte Espetacular''. Deixa dois filhos e a esposa grávida do terceiro.


Ari de Araújo Jr. (TV Globo)


Laion Espíndola (GloboEsporte.com)
Nascido em 23 de outubro de 1987, Laion era jornalista do GloboEsporte.com. Antes, trabalhou nos jornais O Sul e Correio do Povo. Também passou pelo Grupo RBS, todos em Porto Alegre. Atuava como setorista da Chapecoense há dois anos. 


Giovane Klein Victória (RBS)
Repórter da RBS TV, o jornalista tinha 28 anos. Havia trabalho também na TV Pampa, em Porto Alegre.


André Podiacki (RBS)
Natural de Florianópolis, André era repórter do jornal Diário Catarinense desde 2011. Tinha 26 anos e atuava como setorista da Chapecoense.


Bruno Mauri da Silva (RBS)
Técnico de externas, estava na emissora desde 2012. Atuou ainda como operador técnico. Tinha 25 anos.


Djalma Araújo Neto (RBS)
Aos 35 anos, era repórter cinematográfico da RBS TV. Tinha 13 anos de empresa. Deixa dois filhos, de 5 e 12 anos.


Gelson Galiotto (Rádio Super Condá)
Ivan Carlos Agnoletto (Rádio Super Condá)
Fernando Schardong
Douglas Dorneles (Rádio Chapecó)
Edson Ebeliny
Jacir Biavatti
Renan Agnolin (Rádio Oeste Capital)

 

Notícias Relacionadas