politica 23/10/2016 às 11:32 - Atualizado em 23/10/2016 às 11:34

Odebrecht e Lula: você leu primeiro no Sul Connection

Informação foi publicada por nossa página no Facebook no dia 22 de junho do ano passado. Agora, Emílio Odebrecht confirma.

EDUARDO BISOTTO
DIRETOR DO SUL CONNECTION

No dia 22 de junho do ano passado, este Sul Connection ainda não dispunha de site. Nos virávamos como podíamos publicando nossas matérias diretamente no Facebook. Naquele dia, trouxemos uma informação bombástica: cravávamos que o encontro entre Lula, Sérgio Moro e a Odebrecht ia se dar no Itaquerão. O título da matéria era: "O MISTÉRIO DO ITAQUERÃO. OU: SERIA O ENCONTRO ENTRE LULA, ODEBRECHT E PETROBRAS?". Eis que hoje o jornal Folha de São Paulo confirma nossa informação. Segundo o diário paulistano, Emílio afirmou que o Itaquerão foi um presente para Lula. 

CONFIRA A MATÉRIA ORIGINALMENTE PUBLICADA NO FACEBOOK DO SUL CONNECTION:

Luís Inácio Lula da Silva é corintiano. Emílio e Marcelo Odebrecht são empreiteiros. Andrés Sanchez é um dirigente corintiano. Lula queria um estádio para seu time de coração. Emílio e Marcelo queriam negócios. Andrés Sanchez queria um estádio sem precisar pagar. 

Lula não queria que seu time tivesse um simples estádio. Queria um estádio para a abertura da Copa. Um estádio assim custa muito, muito caro. Aproximadamente R$ 1,4 bilhão de reais. Tornar um investimento deste porte algo que dê retorno não é uma operação simples. Perguntem para o Barcelona. O maior clube do mundo está há anos protelando a construção de um novo estádio pelo custo. Se o Barça não tem certeza que pode fazer seu estádio se pagar, o quê dizer de um clube sem um décimo do alcance global da marca catalã?

Aí entra o mistério. Por quê a Odebrecht entrou na parada? Por quê o Corinthians arriscou comprometer toda sua renda em bilheteria por um prazo de 20 anos?

A apuração deste SulConnection constatou o seguinte: a Odebrecht começa a assumir muito mais obras na Petrobrás DEPOIS de assumir a construção e operação do Itaquerão. Teria Sanchez imaginado que o Corinthians não precisaria pagar, já que a Odebrecht "receberia" por outras fontes? Seria a Arena Corinthians o ponto de encontro entre Lula, Emílio e Marcelo Odebrecht e o Timão?

É na Arena Corinthians, ou Itaquerão, como prefiram, que está marcado o encontro de Sergio Moro com Luís Inácio Lula da Silva?

A conferir.

Para ler a matéria no original, publicada no Facebook, clique AQUI

Notícias Relacionadas