politica 18/07/2016 às 22:18 - Atualizado em 19/07/2016 às 12:47

Por que Cristovam Buarque ainda não entrou com representação contra Renan Calheiros?

Na altercação que teve com o presidente do Senado, Buarque o ameaçou abertamente com uma representação no Conselho de Ética

Na última semana, Cristovam Buarque e Renan Calheiros entraram em atrito durante a discussão de uma lei que visa coibir abusos de autoridades em investigações. Em dado momento, Buarque acusou Renan de ter estar agindo em causa própria, visto seu posicionamento favorável em relação a proposta. Renan respondeu dizendo que já em 2006 recebia denúncias da utilização de recursos de caixa 2 na campanha presidencial de Buarque, que reagiu o chamando de prevaricador. Em seguida, afirmou que exigiria o esclarecimento das denúncias e levaria o caso ao Conselho de Ética.

Prontamente, este Sul Connection entrou em contato com a assessoria do prarlamentar do PPS. Em nosso e-mail, perguntamos quando o senador pretendia entrar com a referida representação e quais os termos legais que arguiria para prová-la. Jamais fomos respondidos, e até agora Cristovam não entrou com a ação no órgão da casa.

Sem dúvida alguma uma acusação como essa não pode ficar sem resposta, a menos que o próprio Cristovam Buarque prefira que o assunto passe em brancas nuvens.

Enquanto aguardamos o contato do Senador, não podemos deixar de perguntar: por que a representação ainda não foi feita?

Notícias Relacionadas