esporte 08/06/2016 às 20:49

Triste fim: acusado de tráfico e de chefiar quadrilha, Jardel tem cassação aprovada

Deputado estadual gaúcho, ex-ídolo gremista caminha para o encerramento precoce de sua carreira política.

Jardel foi certamente um dos maiores ídolos da história do Grêmio. Peça chave na conquista da Libertadores de 1995, foi também reconhecido e aplaudido em gramados europeus. No Velho Continente chegou a vencer a Chuteira de Ouro, prêmio concedido ao maior artilheiro do continente. Toda esta brilhante carreira vai encontrando um fim melancólico, embalado por consumo de drogas e descontrole completo sobre a vida pessoal.

Por unanimidade, nesta quarta-feira (08) os deputados que compõe a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa gaúcha votaram pela cassação do mandato de Jardel como deputado estadual. Dentre as acusações, Jardel é apontado como chefe de quadrilha e traficante. Um fim que não poderia ser mais melancólico.

A verdade é que Jardel foi utilizado pelo deputado federal Danrlei, do PSD, para conseguir votos fáceis na eleição de 2014. Com problemas com drogas há anos, o lugar de Jardel era em uma clínica de reabilitação, não em qualquer parlamento.

Este Sul Connection lamenta profundamente o triste fim de carreira do gremista.

Que ele possa reencontrar o rumo e a paz pessoal. Certamente isso é muito mais importante do que qualquer conquista esportiva ou política que Jardel possa vir a ter ainda.

A foto que ilustra a matéria é de Wesley Santos.

Notícias Relacionadas