geral 07/03/2016 às 16:49

RBS é vendida para Lírio Parisotto. Sul Connection trouxe a informação no mês passado

Jornalista Paulo Alceu, do grupo RIC-Record, deu informação com exclusividade no dia 4 de fevereiro em seu Twitter. Sul Connection publicou matéria no dia 5.

No começo do mês passado uma informação corria com força nos bastidores da comunicação catarinense: a RBS estaria prestes a vender suas unidades de mídia em Santa Catarina. Corajosamente, o jornalista Paulo Alceu publicou em seu Twitter ainda no dia 4 de fevereiro a informação. No dia 5 este Sul Connection repercutiu a notícia e garantia: o fim de uma era se aproximava com a venda da RBS. No dia 6, Alceu cravou a informação em sua coluna no jornal Notícias do Dia. Obviamente a RBS saiu com um desmentido, negando que fosse se desfazer de sua operação em solo catarinense. Pois bem: hoje, através de nota oficial, o grupo anunciou ao mercado que passa às mãos justamente de Lírio Parisotto (na foto), que adquire a empresa em sociedade com o empresário Carlos Sanchez.

 

Na nota oficial, o grupo não fala de valores. A especulação é que a transação tenha ultrapassado a marca dos R$ 700 milhões. A conclusão do negócio está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e demais órgãos regulatórios do setor.

 

De acordo com a nota, "a aquisição parte de uma associação dos empresários para o desenvolvimento de negócios de mídia no Estado de Santa Catarina". O atual diretor-geral de Televisão em Santa Catarina, Mário Neves, será o presidente da nova empresa.
Com a transação, a RBS deve focar seus esforços de mídia no Estado do Rio Grande do Sul, onde o grupo empresarial foi fundado, e na empresa de investimento digital e.Bricks.
Notícias Relacionadas