geral 03/03/2016 às 19:53

Jornalismo de esgoto: blog petralha ataca vida sexual de diretora da IstoÉ

Diário do Centro do Mundo, editado por um ex-jornalista demitido pela Época, apelou para a canalhice explícita. Feminismo no dos outros é refresco.

Acreditava-se que o esgoto petista na internet já tinha superado todos os limites civilizatórios. Paulo Henrique Amorim parecia ser imbatível no quesito baixaria. Mas Paulo Nogueira, ex-jornalista demitido da revista Época mostrou que, em se tratando de defensores do petismo, o fundo do poço sempre tem uma pá pra cavar mais fundo. Sem ter o que dizer da delação premiada de Delcídio do Amaral, que confirmada põe fim ao governo de Dilma Rousseff e praticamente algema Luís Inácio Lula da Silva, Nogueira resolveu espalhar fofocas de bodega que correm em Brasília.

 

Com um cinismo ímpar, Nogueira fez questão de colocar um "Por Anônimo" no título do post. Como se isso o livrasse de sua própria imundície. É nojento. É asqueroso. Desrespeita direitos humanos básicos, além de agredir vilmente uma mulher. A repórter Débora Bergamasco é apontada como uma adúltera que estaria servindo de ariete na mão de seu suposto amante, o ex-Ministro da Justiça e atual Advogado Geral da União, José Eduardo Cardozo.

 

Nunca se desceu tão baixo. Nunca se rastejou tanto na lama. Nunca os porcos mostraram tanto sua natureza.

 

Nota adicional necessária: até o momento em que esta matéria é escrita, a postagem do Diário do Centro do Mundo já tem 4.200 curtidas no Facebook. Isso dá a dimensão do feminismo e da moral desta gente.

 

Não são humanos. São a escória do país. E precisam ser escorraçados do poder o mais rápido possível. Antes que terminem de afogar o Brasil em seu esgoto mental e moral.

 

PS: este Sul Connection não lincará a matéria asqueroso. Caso nossos leitores desejem tomar contato com o pútrido material, o Google facilmente realizará o encaminhamento. Não daremos publicidade para este tipo abjeto de ataque.

 

PS 2: O CCAA, como se pode notar pelo print do site, é patrocinador deste esgoto. Quem tem mãe, filha, namorada, já sabe qual a moral e o tipo de de site de internet que a escola de idiomas ajuda a bancar.

Notícias Relacionadas