politica 17/12/2015 às 16:40

Jogo combinado? Fachin fez voto pra platéia, enquanto Barroso ia para salvação de Dilma

Postura de Fachin na sessão entrega: ao concordar várias vezes com Barroso e não defender o próprio voto, deixa claro que apenas jogou pra limpar a própria barra.

Nenhuma defesa do próprio voto. Nunca se viu um relator contrariado concordar tão facilmente com o voto divergente. E até mesmo pedir para alterar o próprio voto ao final para "se adequar" a quem dele divergiu. O comportamento de Edson Fachin na sessão do Supremo de hoje acaba entregando: voto de ontem foi apenas para limpar a própria barra como governista.

 

O golpe que o STF dá na Câmara hoje é gravíssimo. Desde a ditadura militar o Parlamento não era violado de maneira tão flagrantemente. Vale ressaltar que mesmo ditadores como Costa e Silva e Geisel preferiram fechar o Congresso a violar suas prerrogativas. Os ministros da Suprema Corte preferiram transformar os deputados em meninos de recado do Senado e das lideranças, sem qualquer autonomia. Nem mesmo os casuímos eleitorais da ditadura foram tão graves.

 

A lei 1.079 foi violada. A Constituição foi violada. O STF vive seu momento mais trágico na tarde de hoje.

Notícias Relacionadas