LAURO TENTARDINI
Jornalista e radialista. Editor de Esportes do Sul Connection. Cobriu dupla Grenal, seleção brasileira, sul-americano de vôlei, Jogos Mundiais Militares e outros. Assessor do Kindermann, campeão da Copa do Brasil de Futebol Feminino. Tratará aqui dos principais assuntos esportivos, com foco no sul do país, mas também jogos olímpicos, seleção brasileira e Fórmula 1.

12/12/2017 às 18:47

Minha avó e o gol do Everton

Minha avó tem 85 anos, gosta de tudo que é esporte. Acorda na madrugada pra assistir Fórmula 1 e UFC, por exemplo!
E ela tem o hábito de ouvir o jogo no rádio e assistir na televisão. E como todos sabem existe um delay.

Lá pelas tantas eu saio do quarto, vou até a sala e peço para a minha dinda, colorada, fazer uma caipirinha! Eu não sei fazer, sei beber.
Dirijo-me, novamente, ao meu quarto ao mesmo tempo em que minha dinda prepara a caipira, quando minha avó grita:

- Gooooooool do Grêmio -, e começa freneticamente a bater palmas.

Volto para a sala, assisto na imagem da tv, Cortez cobrando lateral em Everton; o Daniel Oliveira, na rádio Bandeirantes, gritando, brilhantemente, o gol com a qualidade do melhor narrador da sua geração, e aprecio tranquilamente, pela tv, a bola entrando no fundo do gol.

Mal sabe ela que vamos tomar uma sacola do Real Madrid. Mas a fé dela é inabalável. Acredita em Milagrohe, em Luanel e acima de tudo na sua torcida!